Engana-se quem pensa que a era do e-mail marketing já passou. Muito pelo contrário: ele ainda é a forma de comunicação mais eficiente entre as marcas e o público, sendo um canal simples, fácil e rápido para enviar mensagens.

Além disso, hoje em dia, quase todo mundo tem e-mail. Para termos uma ideia, em 2019, mais de 3,9 bilhões de usuários globais tinham algum contato eletrônico por e-mail.

Segundo o Statista, a tendência é que esse número chegue a 4,3 bilhões em 2023 (o equivalente a metade da população mundial).

Só com essa estatística, já dá para perceber o quanto o e-mail marketing é uma estratégia imprescindível para qualquer empresa.

No artigo de hoje, saiba mais sobre o que é e-mail marketing e qual sua importância para o sucesso dos negócios. Acompanhe a leitura!

 

O que é e-mail marketing?

 

Sabe aquela oferta de vinho seco frutado que aparece no seu e-mail, geralmente de uma empresa onde você já fez alguma compra? Isso é uma estratégia de e-mail marketing.

Ou seja, a estratégia tem como base a comunicação entre uma marca e seus consumidores ou leads (potenciais clientes), através de mensagens por e-mail. Normalmente, esse contato é feito de modo personalizado, através de ferramentas de automação.

Alguns exemplos recorrentes de e-mail marketing são:

  • Comprovantes de compra;
  • Acompanhamento de pedidos;
  • Newsletters (boletins informativos);
  • Ofertas exclusivas;
  • Lançamentos de produtos ou serviços.

Mas cuidado para não confundir o e-mail marketing com o famoso e indesejado spam.

No primeiro caso, o usuário se cadastra em algum formulário ou faz uma compra na empresa e, posteriormente, recebe as mensagens. Quer dizer que ele permite que a marca entre em contato.

Já o spam não. Essa prática é mal vista na internet, pois é feita com a compra de lista de e-mails e disparo por mala direta. Para resumir, você não se cadastrou em nada e, mesmo assim, recebe inúmeras mensagens não requisitadas.

Além disso, o e-mail marketing permite que o usuário faça o descadastramento da lista de contatos quando bem entender. Geralmente, ele pede uma justificativa, só para que a empresa saiba o que não está dando certo na sua estratégia.

 

Quais as vantagens do e-mail marketing?

 

Nos últimos anos, as redes sociais estão ganhando cada vez mais espaços nas estratégias de marketing digital.

Por meio delas, é possível anunciar produtos, publicar conteúdos valiosos e até mesmo usar um banner impressão digital como parte do layout de uma fanpage no Facebook.

Então, por que usar o e-mail marketing? Ora, no início do texto já mostramos o quanto esse canal é amplamente usado pelos usuários.

A estratégia ainda oferece muitas outras vantagens. A seguir, confira alguma delas!

 

1 – Previsibilidade do alcance

 

Quando fazemos uma publicação em rede social, como no Facebook, nem todos os seguidores irão ver o conteúdo, ainda mais quando o post é orgânico (não pago).

Isso porque os algoritmos dessas plataformas são os responsáveis por direcionar a publicação, de acordo com as preferências dos usuários.

Quer dizer que a sua postagem sobre rótulos biodegradáveis não vai aparecer para todo mundo e o alcance não é previsível (você não tem controle sobre quantas pessoas realmente irão ver a sua publicação).

No e-mail marketing, essa situação é diferente. Uma das grandes vantagens da estratégia é justamente a sua previsibilidade de alcance, já que você seleciona exatamente quem irá receber a mensagem.

Além disso, a maioria das ferramentas de automação é capaz de verificar a taxa de abertura do e-mail, ou seja, quantas pessoas, de fato, leram o conteúdo.

Com isso, fica mais fácil obter métricas relevantes para analisar se a sua estratégia está resultando no esperado ou se é necessário otimizar as campanhas.

 

2 – Flexibilidade de formato

 

O e-mail marketing tem uma grande flexibilidade de formatos, sendo possível confeccionar mensagens de todos os tipos, como textos corridos, hiperlinks, vídeos, imagens, gifs, infográficos, entre outros.

Um relatório da Martech Advisor mostrou que a adição de vídeos no e-mail pode aumentar a taxa de cliques em 300% – e não é para menos, já que vivemos na era da imagem!

Ademais, as mensagens enviadas por e-mail não têm limites de caracteres, como ocorre em grande parte das redes (por exemplo, no Twitter e Instagram).

O e-mail permite ainda a inclusão de elementos gráficos, que ajudam na atração dos leitores.

Dessa forma, ao enviar um plano alimentar individualizado, por exemplo, você pode incluir um botão para download do material, estimulando a interatividade com o público.

 

3 – Excelente retorno financeiro

 

Não é preciso de um grande investimento para iniciar uma campanha de e-mail marketing. Basicamente, você irá precisar de um domínio, uma ferramenta de automação e uma pessoa para produzir o conteúdo.

Por esse motivo, o e-mail marketing é uma das estratégias de maior retorno financeiro dentro do marketing digital.

De acordo com um estudo feito pela DMA, para cada US$ 1 gasto no e-mail marketing é possível ter um retorno médio de até U$ 42. Ou seja, a estratégia permite que você tenha uma ótima receita!

 

Como o e-mail marketing pode colaborar com a sua empresa?

 

É frequente que o e-mail marketing seja associado com mensagens promocionais, como ofertas de envelopes pequenos, descontos em viagens, brindes exclusivos e clubes de vantagens para os clientes.

Mas a estratégia vai muito além disso. Afinal de contas, quando um usuário fornece um contato para a marca, quer dizer que ele está dando permissão para que a empresa se comunique.

Ou seja, é uma forma de estabelecer um relacionamento saudável e duradouro com o público.

Por esse motivo, o e-mail marketing também é um canal para construir um vínculo com o seu lead. Como consequência, a empresa passa a ser reconhecida e admirada pela audiência, o que contribui para o aumento das vendas.

Abaixo, saiba como a estratégia de e-mail marketing pode colaborar com o crescimento da sua empresa.

 

1 – Interação com os leads

 

Quando um usuário oferece o seu contato de e-mail, ele espera que a empresa mantenha uma comunicação frequente e periódica.

Por isso, é importante enviar mensagens com certa frequência, mas sem exagerar.

Isso é válido também para quem já comprou com você. Por exemplo, o paciente de um médico domicílio gosta de receber mensagens, pois se sente valorizado pelo profissional e tem a certeza de que fez um bom negócio.

 

2 – Divulgação dos conteúdos

 

Já não é segredo para ninguém que o consumidor digital é sedento por informação. Por esse motivo, uma das estratégias mais usadas no marketing digital é justamente a produção de conteúdo relevante, conforme os interesses do público-alvo.

Mas de nada adianta elaborar um material riquíssimo se ele não for divulgado.

Diante disso, o e-mail marketing pode ser um excelente canal para a promoção e divulgação dos conteúdos, fazendo com que os leads conheçam mais sobre o seu negócio.

Inclusive, uma das formas de conseguir o contato dos leads é oferecendo em troca um conteúdo atrativo, como e-books, webinars, entre outros.

Por exemplo, uma empresa de limpeza para evento pode desenvolver uma landing page para oferecer um e-book com dicas de higienização de superfícies, em troca do contato de e-mail dos usuários.

 

3 – Campanhas de remarketing

 

O custo de aquisição por cliente (CAC) é uma das métricas mais importantes no marketing digital, pois ela revela o quanto a sua empresa gasta para adquirir um consumidor novo.

Sabe-se que o valor é elevado e, por esse motivo, além de atrair novas pessoas, é importante focar em quem já é cliente da empresa, com estratégias que incentivem à compra novamente.

Esse método é conhecido como remarketing e o e-mail é um dos principais canais para aplicar a campanha.

Assim, é possível oferecer um desconto exclusivo em talão personalizado para quem é cadastrado ou fez uma compra no seu site, por exemplo.

 

4 – Menor abandono de carrinho

 

Os e-mails são usados para informar os usuários quando há abandono de carrinho, alertando-os que ainda há compras não finalizadas no e-commerce ou marketplace.

Essa é uma estratégia muito eficiente, uma vez que evita que as pessoas deixem de comprar na sua loja e lembra os usuários “esquecidos” da compra não finalizada.

Segundo um levantamento da Omnisend, o envio de três e-mails de abandono de carrinho resulta em 69% mais pedidos do que uma única mensagem. Portanto, vale a pena investir na estratégia.

 

Conclusão

 

Muito popular e conhecido na internet, o e-mail marketing desponta como uma das estratégias mais eficientes para nutrir leads, manter um relacionamento próximo com os clientes e aumentar a rentabilidade das empresas.

Com amplo uso em todo o mundo, o e-mail é um dos principais canais de interação com o público e, mesmo com a ascensão das redes sociais, continua firme e forte dentro do marketing digital.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.