Uma boa descrição de produtos é a melhor forma de atrair o consumidor e fazer ele se interessar pelo que você vende. Nas compras pela internet, o cliente não pode tocar a mercadoria, testá-la ou experimentá-la.

No entanto, essa modalidade de compra cresceu muito e vai continuar crescendo, só que o estabelecimento que souber descrever seus produtos têm maiores chances de sair na frente.

A concorrência está cada vez mais acirrada, então, seu negócio precisa usar as melhores estratégias para driblá-la.

Assim como nas lojas físicas os varejistas usam algumas práticas para vender mais, o mercado eletrônico também tem suas próprias ações.

Uma boa imagem e alguns detalhes técnicos ou físicos não são o suficiente. É necessário falar com o visitante do site como se ele estivesse na sua frente.

Ao invés de um diálogo, você se prende à descrição do produto, pois é isso que irá impulsionar uma venda – ou não. Se o consumidor puder saber tudo sobre sua próxima aquisição, vender para ele será muito mais fácil.

Por outro lado, se ele precisar pesquisar mais detalhes, pode fazer isso na concorrência. Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar a importância da descrição de produtos, como descrevê-lo e como isso influencia no marketing digital. Confira!

 

Importância da descrição de produtos

 

A descrição de produtos é a maneira como uma loja virtual fornece detalhes acerca dos recursos, utilizações, indicações e benefícios de um produto para o consumidor.

A qualidade do texto é o que vai determinar a venda, visto que ela estimula ou interrompe uma conversão. Por exemplo, se uma empresa fornece detalhes sobre uma máquina de disco de corte diamante, converter o visitante é mais fácil.

Por outro lado, a ausência de dados importantes, principalmente as informações que o usuário precisa, pode impedir a efetivação da venda. Em linhas gerais, para tornar o produto vendável em um site, a descrição deve:

  • Incluir imagem, texto e vídeo;
  • Chamar a atenção;
  • Responder à dúvidas e preocupações;
  • Transmitir experiência física e emocional da compra;
  • Ser clara e objetiva.

A partir do entendimento desse conceito, podemos dizer que é essencial fazer uma boa descrição para convencer o seu visitante a comprar o produto.

Essa ação é a base dos conteúdos das plataformas e-commerce, uma vez que ela permite que o usuário conheça um pouco mais sobre o que está sendo oferecido.

Imagine, por exemplo, que você acessou o site de uma loja de celulares, e nela só constam imagens dos aparelhos, sem descrição alguma. Você só vê imagem e preço, mas não sabe o nome e as diferenças entre cada um deles. Fica difícil comprar assim.

O consumidor moderno quer saber mais do que preço. Se uma pessoa precisa de higienização interna automotiva, ela quer saber mais sobre esse serviço, como é feito, o que está incluso e quaisquer outras informações relevantes.

Mais do que apresentar a oferta, a descrição é um texto que ajuda a gerar confiança e faz com que o cliente deseje adquiri-la.

Essa ação também é importante para melhorar o ranqueamento da loja online nos buscadores, como o Google. Inclusive, a descrição é parte de uma das principais estratégias de Marketing Digital, o SEO.

Quanto mais bem elaborada ela for, mais tráfego para a plataforma, uma vez que esses sites não conseguem ler apenas as imagens, por isso, o texto é essencial.

Sem falar que o consumidor não vai desistir do carrinho por conta de produtos sem respostas para as suas dúvidas. Ainda, é uma forma de evitar que o próprio site fique sobrecarregado de mensagens com dúvidas dos visitantes.

Agora que você já sabe sobre a importância de descrever os produtos que você vende, no próximo tópico, vamos mostrar como desenvolver a descrição de maneira mais assertiva.

 

Como descrever um produto no seu site

 

Para fazer uma boa descrição do seu produto, é necessário se atentar a algumas ações simples, mas que fazem toda a diferença. São elas:

 

1. Conhecer bem o produto

 

É importante conhecer bem a mercadoria que sua loja vende, para que você possa incluir as informações mais importantes, como faria em um banner informativo.

Mostre quais são os seus recursos, especificando-os em detalhes e qual a utilidade para o cliente. Os consumidores, geralmente, já sabem o que desejam, e é por esse motivo que procuram por determinado produto.

Por isso, é recomendável focar em suas vantagens, pois mesmo que conheçam algumas informações, o cliente ainda não fechou a compra, e saber mais sobre seus benefícios é o argumento que faltava.

 

2. Saber para quem é o produto

 

Conhecendo bem o produto fica mais fácil saber para quem ele é recomendado. Isso é importante não apenas para vendê-lo, mas também para se aproximar do seu visitante.

Só que além de ter conhecimento da mercadoria, seu negócio precisa conhecer bem a sua persona, assim, fica mais fácil seguir o próximo passo.

 

3. Escrever para a persona

 

Toda empresa, como uma de flyer digital, possui sua própria persona, um personagem semi fictício que corresponde ao seu perfil ideal de cliente.

Todas as ações de marketing são destinadas à persona, então, o texto da descrição será mais interessante e convincente. Além disso, a linguagem empregada estará de acordo com ela, o que torna a comunicação mais fluida.

 

4. Informar a matéria-prima

 

Da mesma maneira, os clientes gostam de saber sobre o material usado na fabricação do produto, pois assim eles conseguem dimensionar a sua qualidade.

Por exemplo, se você vai vender um vestido de festa, informe o tecido de cima e de baixo, no caso de haver forro, se tem pedrarias, se é feito com matéria orgânica, entre outros detalhes.

 

5. Colocar um título criativo

 

Os títulos são essenciais para qualquer tipo de texto, desde uma descrição de produto até um livro. Portanto, eles também precisam ser criativos para chamar a atenção das pessoas.

Contudo, os títulos não devem ser muito longos e precisam contar com uma boa palavra-chave, além de serem criativos e chamar a atenção sem ser muito prolixo.

 

6. Usar boas fotos

 

Se você pesquisar sobre “catálogo de empresas” no Google e quiser ver imagens, vai encontrar uma série delas. Daí a necessidade de investir em fotografias de qualidade, de todos os ângulos e com uma boa iluminação.

Lembre-se de que as compras pela internet não permitem o contato físico dos clientes com as mercadorias, e as imagens são a única forma de eles terem uma boa noção do que vão comprar.

Além disso, é uma maneira de reduzir as reclamações no pós-venda, pedidos de troca ou fazer com que o cliente se sinta enganado.

 

Como a descrição ajuda no marketing Digital

 

Toda empresa precisa do Marketing Digital, afinal, estar na internet é a melhor forma de se comunicar com seus clientes. Então, uma marca de sonorização de ambiente se utiliza de diferentes estratégias, e uma delas é a descrição de produtos.

Contudo, uma loja virtual depende exclusivamente das ações de marketing pela web para ser bem-sucedida. Cada texto produzido, imagem publicada ou campanha lançada tem um peso enorme em seus resultados.

A descrição de uma mercadoria é um formato de texto que também visa o bom ranqueamento do site nos buscadores.

A partir disso, começamos a enxergar a relevância dela para o SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização de Mecanismos de Busca) para a marca.

Se uma loja de móveis vende itens de sala de tv planejada, por exemplo, precisa aplicar os recursos de SEO na descrição. Quando ele ajuda sua página a alcançar um bom posicionamento, mais pessoas vão visitar a loja e conhecer as soluções que ela vende.

Consequentemente, outras ações podem ser beneficiadas. Por exemplo, a descrição pode conter um link que direcione o visitante para outra página, onde ele possa consumir um conteúdo mais aprofundado sobre o produto.

Dessa forma, o Marketing de Conteúdo da marca pode ser beneficiado, e ao ter contato com esse material, a loja pode incluir links para seus perfis nas redes sociais, o que ajuda a promover o engajamento.

Sem falar que esses materiais podem conter uma Chamada para Ação (CTA), para que o visitante preencha um formulário, caso ainda não esteja maduro para a compra, e a marca possa manter contato com ele.

Pensando nessas possibilidades, podemos dizer que uma descrição pode se abrir como um leque para as estratégias de uma empresa especializada em curso atmosfera explosiva ou uma loja de calçados.

Mais do que vender, é uma forma de reforçar outras ações e ainda posicionar o seu negócio na internet como uma autoridade, já que ele soube falar sobre seus produtos de maneira clara e esclarecedora.

 

Conclusão

 

Saber falar sobre seus produtos e serviços é a melhor maneira de conquistar a confiança do cliente e vender. Se você vai a uma loja física e o vendedor fala com propriedade de uma mercadoria, você se sente mais confiante e decidido.

A descrição cumpre exatamente o papel do vendedor, levando mais conhecimento acerca de um produto aos consumidores, facilitando a venda e enriquecendo suas estratégias de Marketing Digital.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.