Para que uma empresa possa ter sucesso e continuar crescendo no mercado, diversas ações podem ser tomadas, mas nada irá para frente caso ela não mantenha uma comunicação integrada, transparente e fluida.

Atualmente, com os avanços tecnológicos, cada vez mais as empresas buscam inovar e criar novas formas de fazer o seu negócio progredir e impulsionar seus lucros.

Não é de hoje que se sabe que a uma comunicação forte é a chave do sucesso, tanto com o cliente quanto entre os diversos dos setores de uma companhia, sejam elas empresas de instalação elétrica ou de materiais de construção.

Levando em conta os pontos acima descritos, pensamos em alguns benefícios da comunicação integrada que você pode adotar para usufruir na sua empresa:

  • Fortalecer sua marca;
  • Maior integração entre os setores;
  • Maior eficiência no trabalho;
  • Departamentos melhor coordenados;
  • Utilização efetiva dos recursos da empresa.

Por esse motivo, se você deseja dar os primeiros passos rumo ao fortalecimento da comunicação integrada na sua organização, separe o seu bloco de notas e atente-se às dicas a seguir.

 

1 – Fortalecer sua marca

 

Toda empresa tem que zelar pela sua marca e fazer o máximo possível para que seja reconhecida e respeitada dentro do mercado na qual se propõe a fazer parte. Pelo menos a maioria esmagadora pensa dessa forma.

Portanto, o nome da empresa tem de impor relevância e mostrar a que ela veio. Seja por meio de seus produtos, serviços ou qualidade, uma empresa com uma marca forte é assunto até mesmo para aqueles que não estão no meio corporativo.

Seja produzindo ou vendendo um calendário personalizado com fotos ou serviços de logística, a comunicação integrada faz com que todas as áreas da empresa se conversem como uma só, aumentando sua eficiência.

Os clientes têm grande papel nesse processo, já que, caso a organização não tenha uma boa comunicação, alguma ideia errada pode cair nos ouvidos dos clientes, isso faz com que estes não indiquem o trabalho a outras pessoas ou deixem de negociar.

Suponha que o nome da empresa seja a embalagem de um produto que você comprou. A primeira impressão é a que conta, caso ela não seja tão boa já no começo, não existem motivos para continuar se comunicando e interagindo com ela.

 

2 – Maior integração entre os setores

 

Como já mencionado anteriormente, a comunicação deve ser clara, objetiva e universal. Isso significa que todos os setores da empresa devem entender a mesma mensagem e não ter dúvidas sobre o que foi dito.

Em outras palavras, independentemente do canal de comunicação, seja online, em reuniões, via mensagens, e-mails ou banner informativo, um padrão deve ser seguido para que não aconteça confusão e falhas no entendimento.

A falta de comunicação pode acarretar em atrasos de demanda por uma ou outra informação que não foi passada de maneira correta, comprometendo todo o fluxo de trabalho e, consequentemente, impactando negativamente a empresa e o cliente.

Outro problema que pode ser causado caso a informação seja passada de forma errada é algum atrito entre os profissionais das áreas, criando um ambiente menos confortável para se trabalhar, que pode impactar no resultado final.

 

3 – Maior eficiência no trabalho

 

Uma papelaria que vende envelope personalizado a4 e outros itens, ou um restaurante especializado em frutos do mar tem uma coisa em comum com todos os comércios existentes: querem fazer dinheiro.

Empecilhos podem acontecer caso você não tenha uma comunicação integrada dentro do seu estabelecimento, a grande maioria já citamos no tópico anterior. Porém, é importante entender que isso pode impactar diretamente nas vendas.

Atualmente, a maioria dos clientes procura um atendimento especial e que algum profissional seja o responsável por se comunicar com ele, para entender seus objetivos, metas e, acima de tudo, compreender as suas necessidades.

Então, é normal criar perfis que atinjam um público-alvo e personas para cada cliente, dessa forma, humanizando e personalizando o atendimento de cada um.

A persona é uma ferramenta fundamental para entender a necessidade e a vontade do cliente. Criar um personagem que represente o consumidor ideal, colocando suas vontades e personalidade te ajuda a ser mais assertivo na hora de tratar com o mesmo.

Por exemplo: “Renata, 26 anos, solteira, trabalha como designer gráfico. Vem de uma família de promotores para eventos, mas é muito tímida. Seu sonho é abrir a própria empresa de design e, nas horas livres, gosta de ir ao cinema com os amigos”.

Esse estilo de perfil cria um maior vínculo com o cliente, te ajudando a focar no que realmente é importante na hora de se comunicar com o mesmo, deixando-o satisfeito. Aliás, um cliente satisfeito é um cliente que sempre volta.

 

4 – Departamentos melhor coordenados

 

Para que todos os departamentos trabalhem de forma integrada, todos têm de estar na mesma sintonia. Eles devem estar sempre alinhados com a missão, visão e valores da empresa, assim como sua filosofia e política empresarial.

Portanto, para que seus funcionários consigam transmitir a qualidade do seu produto, tanto quanto a transparência da empresa e foco no que tem de ser feito, é necessário que acreditem nele.

Seja realizando a criação de flyer digital ou de um banner impresso para o cliente, atente-se em pequenos detalhes na comunicação, pois, ao final, fazem diferença.

Porém, esse processo leva tempo, e uma alternativa caso tenha capital disponível é contratar agências especializadas em comunicação pro business, ou seja, especializadas em desenvolver a comunicação de sua empresa.

Muitos negócios, inclusive, contratam várias agências voltadas para uma área diferente da empresa. Então, teria uma especializada para o setor de marketing, outra para o jornalismo, vendas, compras, e assim por diante.

A maior vantagem nesse tipo de prática é que todas as agências estão com um olhar externo da empresa, com outra perspectiva. Uma visão diferente pode trazer estratégias melhores e mais eficazes e, quem sabe, até mais baratas.

Porém, é mais indicado uma única agência que atenda a todas essas necessidades, pela facilidade no pagamento, contrato e, como o assunto que estamos abordando, integrar a comunicação, já que várias agências ao mesmo tempo podem dificultar essa prática.

Logicamente, ninguém irá contratar uma empresa que fale com o seu público sem ter experiência, para isso, pesquise bastante antes de contratar e tenha certeza que a mesma saiba o que está fazendo.

De preferência, faça negócios com empresas que conheçam ao menos um pouco sobre o produto que está vendendo. Não contrate companhias que trabalham com, por exemplo, placa de sinalização vertical enquanto você vende peças industriais.

 

5 – Utilização efetiva dos recursos da empresa

 

Por fim, porém não menos importante, deve-se utilizar de todos os recursos disponíveis, buscando sempre facilitar o contato de todos os funcionários e dados em um mesmo local.

Com recursos, entende-se tudo que a empresa tem disponível para investir nos diversos aspectos e setores da empresa, desde melhorias na infraestrutura até o marketing.

Muitas empresas utilizam algum tipo de plataforma para integrar a comunicação de toda a empresa, como por exemplo, o omnichannel, que interage com diversos canais através de uma única plataforma.

Caso sua empresa seja menor e não tenha muito capital para investir, utilize o que tiver ao seu alcance. Por exemplo, um arquivo no Google Docs ou Planilhas Google compartilhado, para que todos tenham acesso ao mesmo tipo de informação.

As mudanças feitas na plataforma podem ser editadas nas preferências, onde existem locais que se pode ou não alterar. Então, cria-se um padrão que o último a utilizar coloca o nome na lateral do arquivo. O importante é ser criativo e funcional.

Uma opção é utilizar placas informativas personalizadas e deixar disponível próximo às mesas e estações de trabalho dos funcionários, lembrando-os da importância de manter as informações nestes arquivos compartilhados.

Um recurso que é menos palpável, mas que ainda sim é poderoso, é a divulgação boca a boca. Existe a necessidade de seus produtos e serviços serem de uma qualidade muito boa e demora um pouco até funcionar, mas é uma opção válida.

As pessoas que compram e divulgam seu produto de graça é algo que toda empresa quer e é possível conquistar o público até que chegue a esse nível.

Mas, o que isso tem relação com comunicação integrada? Caso os colaboradores estejam ligados e atentos às redes sociais, eles conseguem ter insights sobre o que o público está achando do produto e rapidamente informar os demais setores.

Se não estiver bom, é possível contornar a situação de forma rápida e efetiva, sendo possível também criar novos produtos ou melhorar os serviços baseado nesse feedback.

Então, já começou a aplicar a comunicação integrada na sua empresa? Esperamos que essas dicas tenham sido úteis. Adapte-se às mudanças tecnológicas e implemente novas ideias na sua companhia para estabelecer uma comunicação cada vez mais integrada!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.